sábado, 10 de março de 2012

Concurso Literário 1º Prémio do Ensino Secundário

Ser jovem é…
Se está tudo bem? Não, mas vamos fingir que sim só para não sair da rotina. Apresentar-me? Claro, mas por favor, reflictam e não me julguem como um livro, por isso não me interpretem pela aparência, comecem por folhear as minhas páginas e conheçam a minha história de vida. Se a minha vida é fácil? Nem um pouco, ser jovem não é nada fácil.
Primeiro dizem que somos novos demais para o amor, depois vêm com conversas sobre estarmos demasiados crescidinhos para isto ou para aquilo. Ser jovem não é simples, mas sim confuso, pois queremos tanto saber quem somos, que acabamos por nos desviar do caminho que deveriamos trilhar, acabamos por fazer escolhas erradas só por acharmos que não somos compreendidos. Acabamos por parar a nossa vida. Mas prossiga, dê um passo adiante por menor que seja!
O pior é a saudade da infância, aquele medo de crescer, de ser adulto. Deveria existir um manual de instruções, onde nos dissessem exatamente o que pode ou não nos acontecer e principalmente o que fazer em cada situação. Quando somos crianças e caímos existe sempre alguém ao nosso lado para nos ajudar a levantar, na adolescência começamos a observar quem realmente está lá para nos amparar a queda, e na idade adulta? Os adultos sempre mais sábios, que sempre têm soluções para vencer os seus problemas! Já nós, jovens, ficamos confusos, sem saber como e para quem pedir ajuda sem parecermos infantis ou sem temer ser julgado.
É “difícil”, é complicado viver sob os limites impostos pela sociedade. Mas mesmo com todas as nossas bipolaridades, esta confusão de sentimentos, este tédio e esta sensação de vazio que parece querer morar dentro de nós, vale a pena.
Não tenham medo de errar, faz parte de nossa aprendizagem. Sorri, dança, canta, festeja, em outras palavras, aproveita a tua vida ao máximo, com alegria e amor. Mas nunca, nunca mesmo te esqueças que é preciso construir dia após dia uma ponte que levará os nossos sonhos - que é o que temos de mais valioso - até à nossa realidade.  

Hakani
1º Prémio do Ensino Secundário

Sem comentários:

Enviar um comentário